Estudante de todo Brasil tem hoje o segundo e último dia do Enem

0

Principal meio de acesso para faculdades públicas e privadas em todo o Brasil, o Enem mudou e este ano passou a ser realizado em dois domingos consecutivos. No primeiro dia, 2 de novembro, os inscritos fizeram as provas de linguagens, ciências humanas e redação, que foi a grande polêmica desta edição. Após disputa na Justiça, ficou decidido que o candidato que fizer um texto que for considerado desrespeitoso aos direitos humanos não terá a nota automaticamente zerada.

Além disso, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) flexibilizou a exigência de transferir a frase do caderno de questões para o cartão resposta e não anulará mais a prova de quem esquecer. Este era um dos motivos de maior eliminação dos candidatos.

No segundo dia, marcado para este domingo, 12 de novembro, os candidatos devem responder 90 questões de matemática e ciências da natureza, que envolvem conteúdos de química, biologia e física. Eles terão até 4h30 para fazer tudo. Os portões se abrem às 12h e fecham às 13h (horário de Brasilia), os estudantes precisam atentar para a diferencia de 1 hora se comparado com o horário de Brasília uma vez que Brasilia está no horário de verão e o Maranhão não.

É importante que os estudantes tenham em mãos um documento de identificação com foto e o cartão de inscrição durante a realização da prova. Só permitida a utilização de caneta esferográfica preta, fabricada em material transparente, e chapeis, bonés, boinas, óculos escuros e aparelhos eletrônicos são vedados.

Neste domingo, 12, e os estudantes  terão novamente o benefício da gratuidade no transporte público,  para utilizar o benefício as regras continuam as mesmas: basta estar matriculado na escola e apresentar as carteiras de transporte do Sindicato das Empresas de Transportes (São Luís) ou do departamento de Bilhetagem Eletrônica da empresa Ratrans (Imperatriz).

O benefício vale para Região Metropolitana de São Luís (São José de Ribamar, Raposa, Paço do Lumiar e a capital) e de Imperatriz e cidades vizinhas.

Ao passar na catraca, basta o estudante utilizar a carteira e não será cobrado valor algum. “O sistema já está atualizado para reconhecer os documentos e não descontar qualquer valor da carteira de estudante, que deve ser a mesma com a qual a pessoa compra a meia passagem”, diz o superintendente do Sindicato das Empresas de Transportes, Luís Claúdio Siqueira.

Gabarito oficial do Enem 2017 

gabarito oficial do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) será divulgado na próxima quinta-feira (16) pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). A correção das provas é feita usando a metodologia da Teoria de Resposta ao Item (TRI), em que o valor de cada questão varia conforme o percentual de acertos e erros dos estudantes naquele item.

Dessa forma, um item em que grande número dos candidatos acertarem será considerado fácil e, por essa razão, valerá menos pontos. Já o estudante que acertar uma questão com alto índice de erros ganhará mais pontos por aquele item.

Por isso, não é possível calcular a nota final apenas contabilizando o número de erros e acertos em cada uma das provas. Dois candidatos que acertarem o mesmo número de questões podem ter pontuações diferentes.  O estudante só tem como saber a nota final no Enem quando o resultado sair.

A correção é feita por meio de um sistema de reconhecimento no qual a Fundação Getulio Vargas e a Cesgranrio extraem os dados com as respostas das questões objetivas de cada participante, durante a etapa de digitalização. Por isso, é imprescindível que o preenchimento do cartão-resposta tenha sido realizado com caneta esferográfica de tinta preta.

O Boletim de Desempenho deverá ser disponibilizado aos participantes em 19 de janeiro de 2018. 

Posts Relacionados Mais do autor

Comentário

Seu endereço de email não será publicado.