FLORESTA DOS GUARÁS: Um destino barato e acessível para curtir nas férias

0

A Floresta dos Guarás é um pequeno ecossistema brasileiro, localizada no litoral ocidental do estado do Maranhão e banhada pelo oceano Atlântico. Esse incrível ecossistema é composto por parte da floresta amazônica em sua fauna e flora, mangues, florestas, ilhas desertas e áreas de restingas. E leva esse nome em homenagem à bela ave de plumagem vermelha, comum na região.

Destaca-se como santuário ecológico formado por baías e estuários onde os rios desaguam em meio a manguezais.

A Floresta dos Guarás, a quatro horas de viagem da cidade de Cururupu, possui um dos ecossistemas mais encantadores do mundo, com sua mata e seus pássaros de penas vermelhas que dão nome ao lugar.

Para se chegar à Floresta é preciso viajar até Cururupu e, então, pegar um barco, usando, para tanto, a curiosidade em desbravar sozinho ou o serviço privativo de agências de turismo que são oferecidos, mas todo o esforço é recompensado ao pôr do sol com a revoada dos guarás.

A floresta fica localizada na Ilha dos Lençóis e não possui infraestrutura de turismo, sendo as pessoas hospedadas nas casas dos ribeirinhos.

Para atender o turista

Nas agências de turismo, a procura por pacotes de férias já começa a crescer, e mesmo com os locais favoritos já no topo das listas de interesse, o perfil dos turistas começa a se voltar cada vez mais para locais menos conhecidos.

A gerente administrativa da Taguatur Turismo e Tanan Hostel, Virgínia Barros, diz que a aceitação dos turistas para conhecer novos lugares vem sendo positiva. “As férias costumam começar realmente após o réveillon, quando as pessoas começam a viajar. Para o réveillon no Hostel já não há mais vagas, reflexo bacana do encanto que São Luís ainda tem. Locais como Barreirinhas já têm um público fixo. Então, hoje a gente está trabalhando também com regiões que ainda não foram tão divulgadas, direcionando para esses locais como Santo Amaro e Atins e isso é está sendo bem aceito”.

A gerente explica que os especialistas no ramo de turismo estão se reinventando para atender uma nova demanda de clientes. “A gente tem essa dificuldade ainda exatamente pelos profissionais, ou pelos locais que são verdadeiros potenciais turísticos e que talvez as pessoas ainda não tenham se despertado para isso, ainda não tenham uma estrutura para receber. Isso é feito paulatinamente e o turista hoje busca esses lugares, reservados tranquilos e isso a gente tem bastante”.

Virgínia destaca que as experiências recentes evidenciam o perfil do turista aventureiro, que deseja cada vez mais conhecer lugares desconhecidos. “O turista busca aquela senhorinha que mora bem distante, tem um rio passando no fundo de casa e ali faz uma tapioca e um café quentinho. Isso a gente tem bastante. Nós temos através do Sebrae um turismo de experiência e que nos mostra isso, o turista vivenciando o dia a dia daquela localidade”. 

Posts Relacionados Mais do autor

Comentário

Seu endereço de email não será publicado.