Nova Secretária de Educação de Cururupu é apresentada oficialmente em evento

0

Para quem ainda tinha dúvida quanto a mudança realizada pelo executivo municipal de Cururupu, quanto à mudança na pasta da Educação do município, um evento para a Discussão da Proposta Curricular da Educação municipal deu o tom da mudança que já havia sido anunciado pelos meios de comunicação extra oficias.

Por meio da Secretaria Municipal de Educação, foi realizado na manhã de sexta-feira (12), Audiência Pública de Discussão da Proposta.  Participaram do concorrido evento secretários municipais, coordenadores, professores, pais de alunos, representantes de entidades, lideranças da sociedade civil organizada, vereadores e a senhora prefeita do município.

Proposta Curricular

Este documento deve constituir-se em subsídio à elaboração de projetos e propostas curriculares a serem desenvolvidos por organizações governamentais e não-governamentais, adaptados às realidades locais e necessidades específicas. Este trabalho representa a possibilidade de colocar à disposição das secretarias estaduais e municipais de educação e dos professores de educação de jovens e adultos um importante instrumento de apoio, com a qualidade de referencial que lhe é conferida pelo notório saber de seus autores. Nesse sentido, para viabilizar a construção de uma proposta de organização do Ensino coerente com a política prioritária de melhoria da qualidade do ensino a proposta curricular se faz necessário e de extrema relevância.

Nova Secretária

Foi o primeiro ato público com a presença da nova chefe da educação do município, trata-se da senhora Gesicleide de Jesus Macedo Reis Fonseca, a qual já era dos quadros da educação no município. O ex-secretário, Udinaldo Rabelo, será o assessor especial de articulação política do município.

Elzirene Diniz Costa, Coordenadora Geral de Educação falou do trabalho inédito, sonhos de muitos anos, iniciado ainda na gestão da professora Rosinha enquanto Secretária de Educação, e que só no início da sua gestão como prefeita foi possível a concretização de todo o trabalho da proposta curricular, trabalhamos muito durante o ano de 2017, sinaliza Diniz. 

O vereador Roberto Pestana, representando a Câmara Municipal de Vereadores, durante a audiência falou da importância desse documento: “Pensar em uma educação é de fato pensar na libertação do ser humano. Eu costumo sempre dizer isso, não se pode e nem se deve pensar e muito menos agir em uma educação se essa não contempla a libertação do ser humano. Penso que a proposta curricular vem para contemplar esse eixo, essa visão que só pela educação agente consegue libertar o ser humano. Mas para que isso de fato possa acontecer, primeiramente nós temos que ter essa disposição para nós mesmos nos libertarmos, e a parti daí trabalhar através do ensino, do conhecimento. Só quem tem a ganhar é o próprio município com uma proposta que vai nortear todo o trabalho para que os nossos alunos possam ver e escrever a vida melhor”. Concluiu o vereador.

A nova Secretária Municipal de Educação, professora Gesicleide, convocou a todos para participarem deste maravilhoso privilégio de educar. “A escola não é o único lugar onde a educação ocorre e nem muito menos o professor é o único agente. Existem inúmeras educações e cada uma atende a sociedade em que ocorre pois é uma forma de reprodução dos saberes que compõe uma cultura. Portanto, a educação de uma sociedade tem identidade própria. Nesse contexto, a educação é compromisso e responsabilidade de todos nós. Convoco a todos a fazerem parte deste encanto, desde maravilhoso privilégio de educar. Sejamos educadores em casa, no trabalho, na igreja, nos eventos sociais, no clube, na conversa informal, na festa, no passeio. Sejam soldados da educação e principalmente, sejam educadores da vida. Agora com a nossa diretriz maior, as coisas vão fluir com mais tranquilidade. A nossa diretriz curricular pedagógica do sistema”. 

A prefeita professora Rosinha participou de toda a audiência e agradeceu a participação expressiva de todos que vieram conhecer o estudo realizado e discutir a proposta pedagógica de ensino que será transformada em lei.

 “A proposta foi construída no “chão da escola”, por áreas, conhecendo a realidade de cada lugar, cada espaço, muitas pessoas, profissionais… foi construída aqui no município não foi encomendada em gabinetes, esta proposta vai ser transformada em Lei, vamos encaminhar  a câmara municipal para ser um documento do sistema educacional de ensino do município. Não será documento apenas de uma gestão, será para o município uma bússola da educação. A educação é muito dinâmica, certamente, constará o período para revisão, mais será um documento e que a comunidade que está aqui fique na memória que a parti do ano 2018, nós teremos sim um documento da educação do município que foi construindo por vários representantes da comunidade, apresentado e discutidos por muitos dos senhores”. Ressaltou a prefeita. Com Informações da Prefeitura de Cururupu.

Posts Relacionados Mais do autor

Comentário

Seu endereço de email não será publicado.