Prefeito de Bacuri não explica o motivo dos atrasos dos servidores e chama ato de político

0
BACURI – Servidores públicos da cidade de Bacuri, município localizado a 496 km da capital São Luís, para reivindicarem salários atrasados, interditaram na última segunda-feira (22), trecho da MA – 303, principal via de acesso ao município. Bacuri é um município maranhense com uma população de aproximadamente 16 626 habitantes segundo IBGE/2010, a economia do município é basicamente do comércio e da administração, esta última é exatamente a razão do protesto, que segundo os servidores só aconteceu em razão do descumprimento dos preceitos básicos e elementar por parte da administração pública. 

O município é administrado por Washington Luís de Oliveira (PDT), mais conhecido por Dr. Washington. Segundo os servidores, o pagamento dos salários estão atrasados há 60 dias, não conseguimos contato com o prefeito para falar sobre a grave questão pela qual vem passando os servidores de Bacuri, aliás, vale lembrar que esta não foi a primeira reivindicação dos servidores para tentarem receberem a contra partida referente aos seus trabalhos, como é sabido, todo e qualquer trabalhador tem por Lei, e não por uma ação discricionária do empregador o direito de receber seus salários até o quinto dia útil de cada mês, subsequente à prestação de serviço. 
Leia também
Os manifestantes utilizaram galhos de árvores para interditar a pista e ainda atearam fogo nos mesmos. Um fato curioso é que no engarrafamento formado na rodovia estadual devido ao protesto estava um caminhão da equipe Crocodilo, do estado do Pará, que foi contratada para animar o encerramento do tradicional festejo de São Sebastião, festa mais tradicional do município, o que de alguma forma não deixa de ser uma contradição com a situação vivida pelos servidores. 
Os servidores ficaram inconformado com o suposto pagamento pela prefeitura de Bacuri da quantia de R$ 300 mil para a equipe de som paraense e ainda não ter honrado com o pagamento de seus proventos, esta informação não foi possível confirmar com o executivo municipal. 
Sem de fato esclarecer os atrasos recorrente de sua administração com os servidores, aliás, impossível de esclarecer, uma vez que o município vem recebendo rigorosamente os repasses dos quais tem direito o prefeito se limitou em chamar a reivindicação dos servidores de “manifestação política”, sem considerar em nada a situação vexatória que aqueles servidores vem sofrendo, inclusive com os credores locais e com o Banco, uma servidora relata em caráter de confidencialidade, que muitos servidores possuem empréstimo consignados junto às instituições financeiras, e com a mora dos salários,  quando este é depositado mal conseguem pagarem o que já devem aos bancos.

O Outro lado 

Por meio do Blog Glaucio Ericeira Dr. Washington como é conhecido, disse que o protesto tratou-se, na verdade, de uma manifestação política orquestrada pelo ex-prefeito José Baldoíno e pelo seu cunhado, Júnior Tropical (PC do B), candidato derrotado na última eleição.
“Não foram servidores que bloquearam. Foi, na verdade, uma manifestação política, porque quem estava lá era o ex-prefeito, o seu cunhado e outros integrantes deste grupo que perdeu a eleição para nós”, afirmou.
O prefeito destacou que já foi feito um acordo com o Ministério Público Estadual e o Sindicato dos Funcionários Públicos de Bacuri para que o pagamento referente a dezembro – único mês que está em atraso, segundo o gestor – seja efetuado no dia 31 deste mês, ou seja, nada sobre a razão dos atrasos, preferiu mesmo foi desqualificar o atos dos servidores que vem sofrendo com os sucessivos atrasos, independentemente da presença de políticos no ato, ou de eleitores do candidato derrotado, o fato é que se os salários estivessem em dias, nada disso estaria acontecendo, e isso não pode ser colocado na conta dos adversários. 
“Vamos honrar o acordo para ficar tudo ok”, garantiu. Dr. Washington, explicou que o festejo de São Sebastião, que aconteceu na cidade, foi segundo ele promovido pelo Grupo Fênix e a prefeitura apenas cedeu o espaço público [praça] para realização do evento. “O município não gastou absolutamente nada, uma vez que o festejo está sendo realizado pela iniciativa privada. Ainda sobre o protesto, a pista foi liberada pela Polícia Militar e o tráfego de veículos foi restabelecido na sua normalidade”, finalizou o prefeito.
Esse é o terceiro protesto que a população daquela cidade faz em cobrança a salários atrasados. O ato foi contra o prefeito da cidade, Dr. Washington, que não realizou pagamento daqueles servidores referente ao mês de dezembro do ano passando, além das férias e décimo terceiro do mesmo ano. 

Posts Relacionados Mais do autor

Comentário

Seu endereço de email não será publicado.