Professores da Rede Municipal de Cururupu Denunciam Descumprimento de Carga Horária

0

CURURUPU – Os professores da rede municipal de educação de Cururupu, procuraram o ICURURUPU para denunciar uma situação que já perdura anos, o qual representa uma considerável perda em seus vencimentos, pois um concurso realizado em março de 2007, portanto a 11 anos para diversas áreas, o qual também considerou vagas para professores para o fundamental I, primeira a quarta série ( hoje primeiro ao quinto) com uma carga horária de 24 h, onde os servidores ( professores) tomaram posse em agosto do mesmo ano, no entanto, desde então esses servidores trabalham sob um regime de 20 horas e recebem por 20 horas trabalhada, pois o município jamais regularizou a situação de diversos professores. 

Com a vitória nas urnas em 2016, pela prefeita professora Rosinha, os professores acreditavam que essa adequação seria realizada, uma vez que a atual prefeita do município foi secretária de educação no passado e uma profunda conhecedora dos problemas dos professores, porém, tudo que restou os professores que denunciam a situação só restou frustração, pois até o momento nada foi feito para regularizar a situação e adequação da carga horária ao Edital do concurso.

Os professores afirmam ainda que contrariando o Edital do concurso, está havendo uma perda significativa, de lá para cá, já foram protocolados ofícios requerendo a readequação da carga horária de 20 para 24h, uma vez que em nenhum momento os professores foram avisados que sua carga horária e remuneração iria ser modificada. “É salutar lembrar que a prefeitura de Cururupu não possui tabela salarial para 24 h, possui apenas para 20, 25 e 40 h. Até o momento a prefeitura nunca se pronunciou por meio de sua Secretaria de Administração e / ou de Educação quanto ao deferimento ou não do requerimento, deixando assim um sentimento de frustração aos servidores que estão há quase 11 anos perdendo os valores que lhes é de direito, além de descumprir a previsão definida no concurso”, afirmou um professor que por medo de represália preferiu não se identificar.

Ainda segundo os professores que se sentem prejudicados, já foram protocolados vários ofícios individuais, coletivos e por meio do Sindicato dos Servidores Públicos Municipal de Cururupu (SINSPUMUC),  e ambos sem êxito e sem qualquer resposta que possa por fim às expectativas dos servidores que fizeram um concurso para 24 horas semanais e na verdade foram reduzidos para 20 horas sem qualquer informação ou negociação, impondo aos docentes uma significativa perda em seus vencimentos. 

O ICURURUPU tentou contato através dos números da Secretaria de Educação do Município mais não conseguimos contatos para os devidos esclarecimentos da situação vivida pelos professores, todavia, o espaço está franqueado para que se julgar necessário o município possa se manifestar. 

Posts Relacionados Mais do autor

Comentário

Seu endereço de email não será publicado.