CRB vence Sampaio, afasta-se do Z-4 e empurra adversário para zona perigosa

0

Emoção, polêmica e gols. Muitos gols. Ingredientes do jogo da noite desta segunda-feira (7), no qual terminou com a vitória do CRB, por 3 a 2, contra o Sampaio, no Castelão, pela quinta rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Ao fim do jogo, a torcida do Sampaio protestou principalmente contra o treinador Francisco Diá, pedindo sua demissão.

Os gols do CRB foram marcados por Bruno Paulo, Neto Baiano e Flávio Boaventura. O Sampaio marcou com João Paulo e Maracás. Com o resultado, o Sampaio ficou com quatro pontos e caiu para a 16ª rodada. Como os times que estão na zona de rebaixamento ainda vão jogar, é possível que o time maranhense termine a rodada no Z-4 dependendo dos resultados de Guarani e Goiás. Já o CRB, que começou a rodada nesta zona, saltou para seis pontos e agora está na décima colocação.

Primeiro tempo

O Jogo foi marcado no primeiro tempo por erros de passes das duas equipes e poucas oportunidades de gol criadas. Pelo CRB, o time aproveitou essa falha de passe do adversário, ligou uma jogada rápida de ataque pela esquerda, que terminou com um chute de Bruno Prado, aos 17 minutos. O gol contou também com a falha do goleiro André Luiz. Depois disso, o Sampaio teve dificuldades em chegar ao ataque, pois o CRB se fechou ainda mais. Só que João Paulo marcou aos 40 minutos em um lance polêmico. Ele aproveitou uma bola levantada na área e fez o gol. O problema foi que Alvinho tentou o domínio da bola, não conseguiu e quando a bola chegou para João Paulo, os jogadores do CRB reclamaram de posição irregular do atleta tricolor.

Segundo tempo 

Se faltou emoção e criação de jogadas ofensivas no primeiro tempo, a segunda parte do jogo foi repleta de jogadas mais interessantes e polêmicas também. As duas equipes resolveram partir pra cima e os espaços apareceram. No segundo tempo foram três gols marcados, além de várias oportunidades que quase terminaram em gol também. O Sampaio foi quem mais criou no segundo tempo e o goleiro João Carlos apareceu bem na maioria desses lances. Fora cinco chances reais, mas apenas um gol, de Maracás, marcado. O CRB também chegou bem ao ataque. Criou menos, contudo marcou mais. Foram três boas chances, das quais duas terminaram em gol. O detalhe interessante é que todos os gols foram depois dos 40 minutos. O CRB marcou aos 42 com Neto Baiano, e aos 50 com Boaventura. O Sampaio marcou aos 48 com Maracás.

Próximo jogo

Na próxima rodada, o Sampaio enfrenta o Brasil de Pelotas, no dia 19 de maio, no Rio Grande do Sul. Enquanto isso, o CRB recebe em Alagoas o Avaí, na próxima terça-feira (15).

Posts Relacionados Mais do autor

Comentário

Seu endereço de email não será publicado.