Moto goleia o Fluminense de Feira-BA por 3×1 e avança às oitavas da Série D

0

Em jogo realizado na tarde deste domingo, no Castelão, o Moto Club confirmou sua classificação para as oitavas de final da Série D. O Rubro-negro bateu o Fluminense de Feira-BA por 3 a 1 e segue na busca pelo acesso nacional. O Moto chegou a abrir o placar com Everlan aos 38 do primeiro tempo. o Fluminense empatou no segundo com jaílson de pênalti. No fim val Barreto e Ricardo Maranhãos, aos 39 e 47, respectivamente, e deram a vitória ao time motense.

Nas oitavas de final da Série D, o Moto irá enfrentar o Imperatriz que eliminou o América-RN. Quem avançar chega ao mata-mata decisivo do acesso na competição.

Por conta da melhor campanha na soma das fases, o Moto Club fará o jogo de volta em casa. As partidas ainda não foram marcadas pela CBF, mas deverão acontecer nos próximos fins de semana.

Leia também:

Em Jogo Apertado, Filipinho Vence Por 1×0 E Fará A Grande Final Diante Do Rodagem

Rodagem Vence O Cruzeiro E É O Primeiro Finalista Do Campeonato De Inverno De Cururupu

O jogo

Precisando de uma vitória por dois gols de diferença para levar a decisão para os pênaltis, o Fluminense até esboçou uma pressão sobre o Moto Club no primeiro tempo, mas o Rubro-Negro controlou os avanços do Tricolor e ampliou a vantagem antes do intervalo com um gol de Everlan, aos 39 minutos. Na etapa final, o Fluminense ainda arrancou o empate aos 17 minutos, em cobrança de pênalti do ex-rubro-negro Jaílson. Apesar do susto, o Moto não se intimidou e confirmou a classificação com gols de Val Barreto e Ricardo Maranhão nos minutos finais de partida.

Apesar do apoio de cinco mil torcedores no Castelão, o Moto Club não pressionou o Fluminense no início de jogo e apenas administrou a vantagem, enquanto o Tricolor tentava atacar, mas encontrava dificuldades para passar pela marcação motense. A primeira oportunidade de gol foi da equipe baiana, aos 15 minutos, com Maranhão, que arriscou um chute forte, por cima do gol de Rodrigo Ramos.

Com o jogo equilibrado, o Moto Club foi se soltando aos poucos. Aos 21 minutos, Victor Salvador avançou e chutou forte, mas a bola foi para fora. A resposta do Fluminense veio aos 27, com Eduardo, que fez grande jogada individual e não conseguiu uma boa finalização, chutando pela linha de fundo.

O Fluminense tentou pressionar o Moto Club no final do primeiro tempo, mas o Rubro-Negro continuava firme na defesa: aos 36 minutos, Rodrigo Ramos salvou o Papão em cobrança de falta de Rafael. Esbanjando tranquilidade em campo, o Moto fez a festa da torcida aos 39 minutos, com Everlan, que aproveitou cruzamento preciso de Victor Salvador e mandou a bola para o gol.

Fluminense empata, mas Moto volta a marcar e confirma vaga

Precisando de três gols para levar a disputa para os pênaltis, o Fluminense abdicou da defesa e foi ao ataque, deixando espaços para os avanços do Moto Club. Aos seis minutos, Doda arriscou a finalização e quase marcou o segundo gol do Rubro-Negro. A resposta do Tricolor veio aos 12, com Jaílson, que bateu bem na bola e obrigou Rodrigo Ramos a fazer grande defesa.

Quando a situação parecia controlada a favor do Moto Club, um vacilo da defesa rubro-negra recolocou o Fluminense na partida. Após Betão colocar a mão na bola dentro da grande área, aos 17 minutos, a arbitragem marcou o pênalti a favor do Tricolor: Jaílson cobrou com perfeição, sem chances para Rodrigo Ramos.

Apesar do gol de empate, o Fluminense não teve forças para pressionar o Moto Club e demonstrou sinais de cansaço, enquanto o Rubro-Negro, inteiro e tranquilo, aproveitava os erros do Tricolor para confirmar a classificação. Aos 39 minutos, Chico Bala fez o cruzamento para Val Barreto, que anotou o segundo gol motense. Já aos 47, Ricardo Maranhão aproveitou o cochilo da defesa do Fluminense, fez o terceiro do Moto e confirmou a vaga rubro-negra nas oitavas de final da Série D.

Posts Relacionados Mais do autor

Comentário

Seu endereço de email não será publicado.