Sampaio Corrêa Vence o ABC no Castelão e abre vantagem na semifinal da Copa do Nordeste

0

Contando com o apoio da torcida no Estádio Castelão, o Sampaio Corrêa deu um grande passo em busca da inédita classificação para a final da Copa do Nordeste. Em partida disputada na noite desta terça-feira (19), pela abertura das semifinais da competição regional, a Bolívia Querida teve dificuldades diante da forte marcação do ABC, mas foi superior em campo, principalmente no segundo tempo, e venceu por 1 a 0, resultado que lhe dá a vantagem do empate na partida de volta contra a equipe potiguar.

Disposto a repetir a receita das quartas de final do Nordestão, quando encaminhou a classificação logo no primeiro jogo contra o Vitória, o Sampaio Corrêa tomou a iniciativa diante do ABC, que fez uma marcação eficiente no primeiro tempo e permitiu poucas finalizações da equipe maranhense. Na etapa final, o Tricolor intensificou a pressão e foi premiado aos 13 minutos: após ser derrubado por Tonhão na grande área, Uilliam cobrou pênalti com categoria e decretou a vitória do Sampaio no Castelão.

Para avançar à decisão da Copa do Nordeste, o Sampaio Corrêa precisa agora de uma nova vitória ou um empate diante do ABC. O Tricolor também pode se classificar com uma derrota por um gol de diferença, desde que balance as redes em Natal. Já o ABC só fica com a vaga na final se derrotar a Bolívia Querida por dois ou mais gols de diferença. Se o Alvinegro vencer por 1 a 0, o finalista será definido em uma disputa de pênaltis.

ABC e Sampaio Corrêa voltam a se enfrentar pelas semifinais da Copa do Nordeste na próxima quinta-feira (28), às 21h45, no Estádio Frasqueirão. Antes disso, entretanto, as duas equipes terão compromissos pelo Campeonato Brasileiro neste sábado (23): enquanto a Bolívia Querida recebe o Atlético Goianiense neste sábado (23), no Estádio Castelão, pela 12ª rodada da Série B, o Alvinegro Potiguar encara o Juazeirense pela Terceira Divisão, às 20h, no Estádio Adauto Moraes.

O jogo

Os primeiros minutos de partida no Castelão foram marcados pela forte marcação e obediência tática de Sampaio Corrêa e ABC. Com poucos espaços e encontrando dificuldades para trocar passes, tricolores e alvinegros não tiveram finalizações de perigo nos primeiros 15 minutos. O único lance que chamou a atenção da torcida foi a substituição do lateral direito Bruno Moura, do Sampaio, que sentiu uma lesão e deixou o campo para a entrada do volante Silva.

Aos poucos, Sampaio Corrêa e ABC abandonaram a cautela e criaram suas oportunidades no campo de ataque. Aos 22 minutos, o lateral Arez teve a primeira chance do Alvinegro, em chute forte que passou muito perto do gol do Tubarão. A resposta tricolor veio aos 29 minutos: Fernando Sobral cobrou falta com maestria, e Rodrigo Carvalho se esticou todo para buscar a bola no ângulo esquerdo.

Tocando a bola com tranquilidade no meio-campo, o Sampaio Corrêa esboçou uma pressão antes do intervalo, enquanto o ABC se segurava, de olho na possibilidade de um contragolpe. Aos 37 minutos, Danielzinho cobrou escanteio, Joécio fez o desvio de cabeça, e a bola foi para fora. Já aos 46, Uilliam recebeu passe no campo de ataque, fez a proteção e deu um passe na medida para Diego Silva, que chutou forte e parou em grande defesa de Rodrigo Carvalho.

Sampaio Corrêa transforma domínio em gol

Na volta do intervalo, o Sampaio Corrêa continuou trocando passes no ataque e tentando furar a retranca do ABC, mas foi a equipe potiguar que teve a primeira grande chance da etapa final. Aos oito minutos, Luan aproveitou vacilo de Silva e arriscou o chute, que foi para fora. A resposta do Sampaio, por sua vez, foi rápida e efetiva: aos 13 minutos, Uilliam foi derrubado na grande área por Tonhão e cobrou o pênalti no canto esquerdo de Rodrigo Carvalho.

O gol animou o Sampaio Corrêa, que manteve a pressão no campo de ataque e não deixou o ABC estabelecer o seu ritmo de jogo. Danielzinho, aos 26 minutos, finalizou de longa distância e quase marcou um belo gol no Castelão. Pouco depois, aos 28, Danielzinho cobrou escanteio, Uilliam fez o desvio, e a bola bateu na trave.

Com o ABC entregue, o Sampaio Corrêa continuou desperdiçando oportunidades de gol na reta final de partida. Danielzinho teve duas chances, aos 36 e 38 minutos, mas não concluiu bem. Fernando Sobral, já aos 45, levou perigo ao gol de Rodrigo Carvalho. Por fim, aos 48, João Paulo fez grande jogada individual, mas errou o passe para Uilliam. O lance, entretanto, não desanimou o torcedor do Sampaio, que deixou o Castelão na expectativa pela inédita classificação para a final do Nordestão.

FICHA TÉCNICA

SAMPAIO CORRÊA: Andrey; Bruno Moura (Silva), Joécio, Maracás e Alyson; Willian Oliveira, Diego Silva (João Paulo), Fernando Sobral e Danielzinho; Rodrigo Fumaça (Carlão) e Uilliam. Treinador: Roberto Fonseca

ABC: Rodrigo Carvalho; Arez, Tonhão, Samuel e Igor (Vitinho); Anderson Pedra, Felipe Guedes, Marcos Júnior (Erivélton) e Higor Leite; Luan e Leandrão (Matheus Carvalho). Treinador: Ranielle Ribeiro. Com Informações do IMIRANTE.COM

Posts Relacionados Mais do autor

Comentário

Seu endereço de email não será publicado.