Entidade e Órgão de Estado desconhecem a existência do Suposto Hospital de Referência Oftalmológica Rodrigues Landim (HRL)

3

Em parceria com a prefeitura de Cururupu, através da Secretaria Municipal de Assistência social, um suposto hospital cuja siga é H R L, uma referência ao nome “Hospital de Referência Oftalmológica Rodrigues Landim”, que anuncia em seu cartaz ser uma referência em tratamento oftalmológico nos Estados do Maranhão, Pará e Piauí está realizando em Cururupu desde do dia 09 de abril a denominada “semana da saúde visual”, a qual consiste em atendimento totalmente gratuito, bastando para tanto somente levar o RG e o cartão do SUS.

Tentando da publicidade à importante ação o ICURURUPU entrou em contato com as autoridades dos Estado do Pará e do Piauí afim de levar aos cururupuenses mais informações do serviço prestado pelo suposto hospital, para nossa surpresa nem o estado do Pará, tão pouco o do Piauí tem qualquer informação sobre o hospital, inclusive relatando que nunca ouvira fala sobre esta instituição.

Vejam o que diz em nota enviada ao ICURURUPU a Secretária de Saúde Pública do Pará (SESPA).

“Mediante apuração no Cadastro Nacional dos Estabelecimentos de Saúde (CNES), mantido pelo Ministério da Saúde no site http://cnes.datasus.gov.br/pages/estabelecimentos/consulta.jsp; no Diário Oficial do Estado do Pará (DOE), cuja edição virtual consta no link http://www.ioepa.com.br/portal/ e na internet, de forma geral, usando variadas combinações de palavras, não localizamos nenhum envolvimento oficial desta secretaria com a presente ação citada no link e tampouco em forma de convênio que, por formalidade, estaria passível de publicação no Diário Oficial do Estado.

Em se tratando de pesquisa no site do CNES, a única referência ao sobrenome Landim se reporta a um hospital municipal, de pequeno porte, gerido pela Prefeitura de Milhas, no Ceará, conforme se vê no link:

http://cnes.com.br/2328100-hospital-municipal-joao-leopoldo-pinheiro-landim

O Link a que se refere a nata da Secretária de Saúde Pública do Pará quanto á convênio com o suposto hospital é https://ehmarinho.blogspot.com.br/2018/04/participe-da-semana-da-saude-visual-que.html, o qual informava que o “Hospital de Referência Oftalmológica Rodrigues Landim (HRL) teria convênio com a Secretária de Saúde Pública do Pará para o tratamento oftalmológico”, ocorre que após contato com a senhora identificada como Karllytta (DDD 93), a informação foi apagada do site conforme podem perceber ao clicar no Link.

Uma vez que a redação do ICURURUPU não conseguiu por nenhum meio localizar o Hospital e após a sua suposta representante ter se negado a nos enviar informações básicas, tais como, o endereço da sede do hospital, o telefone fixo, os critérios para que o atendimento viesse para Cururupu a redação entrou em contato com o Estado do Piauí, notadamente com o Conselho Regional de Medicina (CRM-PI), o qual de imediato se diz desconhecer a instituição e que a mesma não consta no cadastro dos estabelecimento de saúde daquele estado.

A senhora Karllytta, a qual se identificou como representante do hospital se limilitou a nos enviar as seguintes informações, e não mais respondeu nossos contatos ” Hospital de Referência em oftalmologia Rodrigues Landim ( HRL) Realiza a semana de saude visual ha 02 anos.

Nos estados do maranhão, Pará e Piauí. O projeto acontece em municípios selecionados, e consiste em levar atendimento médico especializado para esses municípios. Atuamos nas três vertentes: Prevenção, diagnóstico e parte do tratamento. Com atendimento totalmente gratuito para a população participante. Prevenção: realizamos palestras educativas e de prevenção em Saúde Visual, onde também instruímos os pacientes sobre os procedimentos que realizaremos, realização do projeto, parcerias, e todo o andamento das próximas etapas.
Diagnóstico completo:

realizamos os seguintes exames oftalmológicos,
– refração computadorizada (triagem)
– greens e acuidade Visual
– retinoscopio
– oftalmoscopio
– fundoscopia
– Tonometria
– retinografia

Dessa forma conseguimos diagnosticar tanto disfunções quanto patologias oftalmológicas.
Tratamento : atuamos também no tratamento, doando medicamentos para Glaucoma, infecção de conjuntiva, etc…Com equipamentos de última geração e profissionais altamente qualificados promovemos a Semana de Saúde Visual em seu município”

O difícil é compreender como um hospital que se diz de referência oftalmológica em três estados e não existir nada sobre ele em busca mais elementar na rede mundial de computador (Internet), onde entidade de classe que representa os médicos desconhece sua existência, e um órgão de estado que supostamente teria convênio com o hospital segundo matéria em um site e em seguida apagada rechaça qualquer relação com e / ou conhecimento da existência do hospital. 

No caso de Cururupu, o hospital teria feito parceria com o Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) , através da Secretaria Municipal da Assistência Social para a “semana de saúde visual”, inclusive até mesmo as dependências da Câmara de vereadores de Cururupu foi cedida conforme publicado na página oficial da Câmara no Facebook para consultas em parceira com a Secretaria Municipal de Assistência Social. Vejam o comunicado da Câmara de vereadores de Cururupu.

“EM VIRTUDE DA PARCERIA FIRMADA ENTRE A CÂMARA MUNICIPAL DE CURURUPU, COM A SECRETARIA MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL, EM REALIZAR EXAMES DE VISTA E AVALIAÇÕES OFTALMOLÓGICAS, NO PERÍODO DE 09 A 13 DO MÊS E ANO EM CURSO, NÃO HAVERÁ SESSÕES NA CÂMARA, POIS, EM TODAS AS DEPENDÊNCIAS DO PRÉDIO ESTÃO
ACONTECENDO AS CONSULTAS. AGRADEÇO PELA COMPREENSÃO. QUE DEUS NOS ABENÇOE SEMPRE. BOM DIA!!!!!”

Cabe agora às autoridades, em especial ao Ministério Público buscar descobrir onde de fato o hospital funciona, pois infelizmente não foi possível localizar por nenhum meio, mesmo tentando junto às pessoas que se diziam representante, não quiseram informar. 

Posts Relacionados Mais do autor

3 Comentários

  1. renato Diz

    Esse Hospital nao existe…..Tudo uma farça para ganhar dinheiro do povo vendendo oculos

  2. Lobo Diz

    Esse hospital H R L é do senhor Janderson pereira Landim e Katia Rodrigues landim dois estelionatários.
    Esse hospital não existe assim como quando eram ONG não existia tb.

    Uma ong nao pode ter fins lucrativos mas eles burlavamm tudo que podiam . Lucros para toda familia landim regado a bebida droga e sonegação de imposto

    Basta buscar na internet kallyta e katianne melo as irmas que trabalharam para a ong e agr mudou o nome para H R L

Comentário

Seu endereço de email não será publicado.