Justiça Condena Luís Cláudio “Kaka” Pelo Assassinato de Wesley Almeida

DA REDAÇÃO

0

BACURI – O Juiz Douglas Lima da Guia, respondendo pela comarca de Bacuri, condenou no último dia 18 de abril, o individuo Luís Claudio Ferreira de Jesus, mais conhecido como “Kaka”, a condenação foi em razão do brutal assassinato do cururupuense Wesley Almeida. O crime que chocou o município de Bacuri e Cururupu aconteceu no dia 28 de julho de 2017, no município de Bacuri durante uma partida de futebol.

A sessão de sentença foi presidida pelo Juiz titular da Comarca de Cururupu, Douglas Lima da Guia, respondendo pela Comarca de Bacuri, o acusado foi condenado a 14 anos e 2 meses de prisão em regime inicialmente fechado. 

O Ministério Público Estadual, representado pelo promotor Rodrigo Alves Cantanhede e o advogado assistente Dr. Denilson José Garcia Amorim, mantiveram a acusação contra o assassino por ter praticado o crime previsto no Art. 129, §3º do Código Penal [ lesão corporal com resultado morte]. 
Em razão da grande comoção que o crime culminou, e pela torpeza [ motivo aviltante, imoral, repugnante, que causou muita comoção] “Kaka”, não compareceu à sessão para seu depoimentos, tanto a justiça quanto à defesa entenderam que o crime foi de grande comoção social dentro do município de Bacuri e na região, desta forma a presença do assassino traria insegurança para o local, a vítima tinha muitos amigos em Bacuri onde trabalhava, e em Cururupu, onde reside seus familiares. 
Leia mais
Entenda os fatos

Segundo informações, o Wesley Almeida que era agente administrativo na prefeitura de Bacuri foi alvejado com um soco por um homem identificado pelo nome de Kaka. O fato ocorreu no último 28/07/2017, durante uma partida de futebol. A vítima reclamou ao autor, o qual era árbitro da partida, sobre uma falta não marcada sobre ele [vítima], nesse momento, segundo populares deu-se início a uma discussão entre as partes.

Ainda segundo informações, o autor estaria empunhado uma chave (não se sabe se de moto ou cadeado) e a utilizado para desferir dois socos no rosto da vitima. Testemunhas afirmaram à época que tudo teria acontecido muito rápido, não permitindo à vítima qualquer reação no sentido de se defender. Após ser atingido pelos socos, caiu ao solo já desacordado

A vitima sofreu perfurações no rosto devido os socos que recebeu com o objeto perfurante.

Foi socorrido por populares que estavam no local, e levado ao hospital local, de onde foi encaminhado ao hospital Santa Casa em Cururupu com traumatismo e já em estado de coma, o mesmo chegou a ser transferido para São Luís mais não resistiu aos ferimentos e veio a óbito. 

Os amigos descreve Wesley como um cidadão tranquilo de boa índole, conduta ilibada e jamais poderiam imaginar tamanha tragédia, principalmente da forma que aconteceu, ou seja, no momento em que se divertia, Wesley era natural de Cururupu e residia na cidade vizinha de Bacuri onde era funcionário público.

Prisão do assassino

O então foragido Luis Cláudio Ferreira de Jesus, conhecido como “Kaká” foi preso no Pará pela Delegacia Seccional de Ananindeua na tarde do dia 10 de agosto de 2017, na época acusado de ter assassinado de forma cruel e brutal o cururupuense Wesley.

Segundo informações, a prisão aconteceu após contato da Delegacia de Cururupu junto às autoridades policiais do Pará onde o acusado se encontrava, a prisão contou com o apoia do Sargento Júnior, junto à Delegacia Seccional de Cidade Nova que recebeu as informações da localização do acusado.

 

Posts Relacionados Mais do autor

Comentário

Seu endereço de email não será publicado.