Agências Bancárias de Cururupu não funcionarão nesta terça-feira (28)

Mais um homicídio é registrado em Cururupu; a vítima era conhecida pelo apelido “Coelho”
27 de agosto de 2018
Supremo deve decidir hoje se Bolsonaro vira réu mais uma vez
28 de agosto de 2018

Agências Bancárias de Cururupu não funcionarão nesta terça-feira (28)

Agências de todo Maranhão vão fechar devido Feriado dos Bancários (Foto: Reprodução)

CURURUPU – Terça-feira (28) é comemorado o dia dos bancários e por conta da data o Sindicato dos Bancários do Maranhão (SEEB-MA) divulgou nota afirmando que não haverá expediente nas agências e postos de atendimento bancário (PABs), em todo o Estado do Maranhão, sendo assim, as agências bancárias de Cururupu a exemplo das demais agência do Estado não funcionará nesta terça-feira.

O feriado – exclusivo da categoria – foi criado pela Lei Estadual nº 10.100 de 2014, de autoria do deputado Bira do Pindaré, em alusão ao Dia do Bancário.

Escolha da data

O dia 28 de agosto foi escolhido por ser uma data marcante para os bancários de todo o país, já que foi no dia 28 de agosto de 1951 que os bancários de São Paulo decretaram, em assembleia geral, uma greve de 69 dias, enfrentando a repressão do antigo DOPS e a pressão de outros sindicatos da categoria por não concordarem com uma contraproposta dos patrões, considerada como gorjeta, uma vez que os trabalhadores bancários reivindicavam 40% de reajuste, salário mínimo profissional e adicional por tempo de serviço, enquanto os banqueiros excluíram os dois últimos e ofereceram apenas o reajuste com base nos índices oficiais do custo de vida. Depois de muita luta, no dia 5 de novembro de 1951, a Justiça concedeu um reajuste de 31%, colocando um fim à paralisação.

Vários outros sindicatos por todo o território nacional aderiram à greve, no entanto, não aguentaram a pressão e acabaram por aceitar as propostas do governo, que estavam bem abaixo da média solicitada pela classe bancária.

Apenas em São Paulo os trabalhadores continuavam resistindo as pressões. Uma grande vitória para a classe, que passou a ser perseguida depois da greve. Muitos perderam seus empregos e foram alvos de represálias.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *