Abandonado, Casarão Histórico de Cururupu Está Prestes a Desaparecer

Risoto vegetariano é opção para quem não come carne; aprenda
4 de setembro de 2018
Real Madrid inscreve Vinícius Júnior na Champions League; veja a lista
4 de setembro de 2018

Abandonado, Casarão Histórico de Cururupu Está Prestes a Desaparecer

O mais importante casarão de Cururupu em total abandono (Foto: ICURURUPU)

CURURUPU – Recentemente o mundo assistiu perplexo a destruição secular do Museu Nacional. O Museu Nacional é a instituição científica mais antiga do Brasil. É um dos museus de ciência de referência no mundo. Foi fundado em 1818. Inicialmente instalado no Campo de Santana, o Museu foi posteriormente transferido para o Palácio de São Cristóvão, monumento tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) e situado na Quinta da Boa Vista, um dos mais importantes parques urbanos do Rio. Antes de abrigar o Museu Nacional, o Palácio de São Cristóvão foi residência das famílias real portuguesa e imperial brasileira.

A Cidade de Cururupu vem silenciosamente perdendo o seu mais imponente monumento, trata-se de um casarão secular que já abrigou importantes instituições do município e que há tempo vem sendo destruído, e atualmente encontra-se em seu pior estágio da história. Estamos perdendo um significativo elemento do Patrimônio Histórico de Cururupu.

Leia mais

Parte Do Teto De Um Casarão Histórico De Cururupu Veio Abaixo Hoje (24)

DESCASO TOTAL: MESMO APÓS 17 MESES DA DECISÃO, PREFEITURA DE CURURUPU NÃO CUMPRE LIMINAR

Pior ainda é ver a passividade da sociedade cururupuense, pois assistem sem qualquer incômodo a total destruição do casarão, soma-se à estes, o poder legislativo e executivo que nada fazem para buscarem soluções que possam revitalizar um dos símbolos mais importantes de Cururupu.

Uma situação curiosa é que mesmo com uma decisão judicial de 2016 a qual decidiu liminarmente que o prédio histórico fosse restaurado e devidamente recuperado, bem como isolado afim de evitar que viesse causar danos a terceiros nada foi feito para resolver o triste problema.

Na decisão que já decorre mais de anos, a justiça determinou que as obras tivessem início em até sessenta dias sob pena de multa. O prédio encontra-se atualmente desocupado em razão do comprovado risco de desmoronamento. A ré na ação no caso é o município de Cururupu o qual até o momento nada fez no sentido de preservar o prédio e acatar a decisão liminar, com isso cada dia mais o prédio se transforma em uma lembrança triste para os cururupuenses.

Doutor Douglas da Guia, Juiz titular da Comarca de Cururupu ressaltou que o prédio em questão é muito antigo, que faz parte da história de Cururupu. “A edificação encontra-se em estado deplorável, conforme demonstram as fotos e o parecer do Corpo de Bombeiros anexados aos autos, ameaçando a integridade física dos transeuntes que circulam por lá. Para piorar, a área não dispõe de nenhum tipo de isolamento ou mesmo interdição”, cita o magistrado na liminar à época. 

“Tendo em vista a atitude do requerido em não tomar as devidas providências de reforma e restauração do prédio público da antiga sede oficial da prefeitura municipal de Cururupu, mesmo com o parecer oficial comprovando a deterioração e periculosidade para os transeuntes e pessoas que entrarem no imóvel, cabe ao Poder Judiciário, quando acionado, compeli-la ao cumprimento de sua obrigação, pois a sua omissão e ineficiência acarretam lesão ou ameaça a direitos, os quais não podem ser excluídas da apreciação do Poder Judiciário, conforme prescreve o art. 5, inciso XXXV, da Constituição da República”, observou o juiz em sua decisão.

Não custa lembrar que o prédio em questão já foi cadeia, prefeitura e teve uma sala que abrigava a Câmara de Vereadores, logo depois outra sala abrigou a biblioteca pública Manuel Goulart, como podemos perceber o prédio é palco importante da historia de Cururupu e por isso mesmo merece ser cuidado e preservado para que as gerações atuais e futuras possam ter orgulho de sua história, notadamente parece não ser esse o entendimento do poder executivo o qual até o momento não cumpriu a decisão liminar, e a cada dia o que se percebe é mais uma parte da história de Cururupu sendo totalmente destruída pelo descaso e pela falta de conservação e zelo com a coisa pública. 

O ICURURUPU entrou em contrato com a Prefeitura de Cururupu para falar sobre a situação do casarão, porém não conseguimos localizar ninguém que pudesse falar sobre a recuperação do prédio. 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

1 Comentário

  1. Rosiana Dias disse:

    É lamentável !

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *